A Origem dos Ovos de Páscoa

Muitas vezes seguimos tradições sem nem ao menos saber de onde surgiu esta tradição ou porque a seguimos. E para muitas pessoas a tradição do ovo de Páscoa parece ainda um pouco obscura. A origem dos ovos de Páscoa não é única e nem tão unânime, pois várias vertentes diferentes pelo menos explicam como surgiu a tradição de presentear os entes queridos com ovos de Páscoa.

A origem dos ovos de Páscoa possui várias lendas e histórias ao redor de si (Foto: Divulgação)
A origem dos ovos de Páscoa possui várias lendas e histórias ao redor de si (Foto: Divulgação)

Algumas Lendas sobre a Origem dos Ovos de Páscoa

A primeira história sobre o surgimento da tradição diz que a tradição surgiu entre o povo judeu para comemorar a chegada da primavera, porém naquela época, eram usados ovos de galinhas. Mas os ovos não eram utilizados como presente em sua forma original e simples, os ovos de galinha eram pintados especialmente para a data e trocados entre as famílias como símbolo da vida e chegada da nova estação.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Confira também: Como decorar mesa para almoço de páscoa.

Mas a simbologia sobre ovo na Páscoa se consolidou entre os séculos XVII e XVIII, passando os cristãos a benzer os ovos de galinha pintados. Porém como muitas pessoas fazem jejum de carne na época da quaresma e algumas não comiam nenhum derivado de animais, passaram a confeccionar em casa o ovo de chocolate, que naquela época era feito somente com cacau e água. O ovo de Páscoa de chocolate da forma como conhecemos começou a ser industrializados na Inglaterra em meados do século XIX.



(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Outras lendas contam que o ovo de Páscoa só começou a fazer parte da comemoração de Páscoa no século XII; quando Luís VII voltou para a França depois da segunda Cruzada; e apesar do fracasso da expedição contra os muçulmanos, foi recebido com festa. E para comemorar seu regresso, o superior da Abadia de St. Germain-des-Près ofereceu aos pobres do reino a metade dos produtos das terras exploradas, e entre eles, muitos ovos. Mas com o passar do tempo, os ovos se tornaram mais requintados, e os ricos e nobres passaram a trocar versões de ovos em porcelana, vidro, pedra, madeira e até escamas. E o costume de dar ovos decorados surgiu na Inglaterra, no reinado de Eduardo I. Ele costumava banhar ovos em ouro e presentear seus súditos preferidos; e foram essas tradições que inspiraram também Peter Carl Fabergé, a criar seus famosos e valiosos Ovos Fabergé.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Já outras lendas sobre os ovos de chocolate fazem referência aos Pâtissiers franceses, que esvaziavam os ovos e depois recheavam com chocolate, finalizando com uma pintura por fora. Com o tempo, virou uma tradição os pais esconderem os ovos no jardim para que seus filhos encontrassem na manhã de Páscoa; costume este seguido também até hoje.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *