Páscoa Judaica e Seus Símbolos

A Páscoa é comemorada de diversas formas pelo mundo. E a Páscoa judaica e seus símbolos, por exemplo, também traz significados bem marcantes para seus seguidores e para todas as pessoas que se identificam ou simpatizam com os judeus. Diferente da Páscoa cristã, onde o foco principal é Jesus Cristo e sua vitória sobre a morte com a ressurreição, na Páscoa judaica, o destino de um povo é que é o ponto principal.

A Páscoa judaica e seus símbolos tem seu significado próprio, assim com ao Páscoa cristã (Foto: Divulgação)
A Páscoa judaica e seus símbolos tem seu significado próprio, assim com ao Páscoa cristã (Foto: Divulgação)

Conheça a Páscoa Judaica e Seus Símbolos

A Páscoa judaica, também conhecida como Pessach (que significa passagem), representa a Libertação de Israel da escravidão do Egito. Pelo calendário sagrado hebraico a páscoa marca o início do mês de Abib, também conhecido como Nissan, que corresponde aproximadamente aos meses de março ou abril em nosso calendário atual. Nesta data cada família israelita deveria no décimo dia do mês separar um cordeiro macho de um ano e que fosse perfeito, sem nenhuma deformidade ou imperfeição, para o sacrifício, mas o sacrifício deste cordeiro só podia acontecer no décimo quarto dia.

Confira também: Páscoa 2014, Novidades.

As ervas amargas utilizadas na preparação do cordeiro e de outros alimentos lembram a todos os israelitas o tamanho da amargura que foi a servidão e a escravidão de seu povo no Egito.



O pão sem fermento, os pães asmos, traz a mensagem da pureza espiritual que deve ser mantida pelo povo de Deus ao participar da Páscoa até os dias de hoje. Este pão deve medir vinte e cinco centímetros de diâmetro e alguns milímetros de espessura e a superfície deve ter rugas.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

A Hagadá é um ritual litúrgico bem tradicional na Páscoa judaica, onde são lidos textos sobre a libertação de Israel da escravidão do Egito. Há também cânticos, orações e leitura de provérbios nesta data. E outra tradição é na noite de Páscoa usar sandálias e os cajados dentro de casa, para estarem prontos para marchar para fora do Egito, prontos para sair da servidão; diferente dos outros dias comuns quando esta atitude não é utilizada.

E sendo a Pessach uma festa familiar, um dia antes de sua comemoração é feita uma boa limpeza nas casas, tirando tudo aquilo que pode prejudicar os princípios judaicos. E a principal celebração da Pessach feita pelos povos judeus é o jantar em família (Seder), onde são preparados os alimentos que têm grande simbologia na cultura e tradição dos judeus. E é nesse jantar que são servidos o cordeiro, os pães e as ervas amargas.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Veja também

Como Ter Lucro com Venda de Chocolates na Páscoa

Se você faz artesanatos para sobreviver ou se mesmo que goste de fazer artesanatos, mas …